"Não prometo sorrisos nem lágrimas, mas é provável que aconteçam."

Nostalgia

Nostalgia

Escrevo este texto para você que sabe o significado do verbo “rebobinar”. Para você que já desconectou e voltou a conectar o Messenger para chamar a atenção de alguém. Para você que já provou um Baré de tutti-frutti. Escrevo para você que já esperou o relógio chegar à meia noite para pagar somente um pulso […]

Leia Mais


29 de agosto de 2016

Volte a remar

Volte a remar

Ei! Sabe de uma coisa? Acho que está na hora de recolocar a sua prancha no mar. Volte a remar! Chega de Netflix! Essa semana você vai sair de casa! Posso te ajudar? Vamos lá! Escolha o seu vestido favorito. Valorize o que mais gosta em você. Não precisa se mostrar tanto. Vai por mim: […]

Leia Mais


22 de agosto de 2016

Fomos felizes

Fomos felizes

Nós já fomos muito felizes. Você se lembra? Antes das brigas, dos problemas, antes de tudo. Fomos sim. Hoje em dia nossas memórias desfilam em minha mente como um filme antigo. Eu me lembro de como começou, de algumas cenas importantes e daquele final trágico. É tão estranho pensar que aquele casal que tanto se […]

Leia Mais


15 de agosto de 2016

Ela é só dela

Ela é só dela

Ela é só dela. Das suas vontades, da sua intensidade e das suas dúvidas. Das lágrimas dilacerantes aos sorrisos incandescentes. Ela é só dela. Das suas viagens, das suas memórias e dos seus desejos. Ela é apaixonante, mas é muita areia pra você. Uma praia inteira. Com água de coco, trilha nas pedras e banho […]

Leia Mais


8 de agosto de 2016

Demarcação de território

Demarcação de território

Que me desculpem os românticos virtuais, mas eu não consigo entender muito bem esse lance de declarações de amor em redes sociais. Sabe aquele casal que vive postando fotos e legendas morrendo de amores na internet, mas que no fundo não convencem ninguém? Então… É claro que uma foto de um momento especial, uma data, […]

Leia Mais


1 de agosto de 2016

Coração teimoso

Coração teimoso

Coração atrapalhado. Sempre tão teimoso. Sempre tão covarde. Essa mania louca de não deixar entrar quem tanto lhe bate a porta. Essa vontade estúpida de querer por perto quem não demonstra vontade de ficar. Quem quer muito te assusta, quem não quer te faz sofrer. E de tanto ser despedaçado, ele já não bate mais […]

Leia Mais


25 de julho de 2016

Equilibrando pratos

Equilibrando pratos

No que diz respeito aos relacionamentos, ultimamente as pessoas têm se tornado exímios equilibristas. Eu explico. Tente você visualizar um equilibrista de pratos bastante habilidoso, segurando várias varetas que, por sua vez, mantém os pratos em suas extremidades girando. Enxergou? No caso, você é o prato, e aquela pessoa que você gosta, o equilibrista. Ele […]

Leia Mais


11 de julho de 2016